Saúde Integral

07/05/2020 08h00

Fitoterapia: Plantas Antigripais

As plantas medicinais são grandes aliadas no alívio de sintomas gripais e de infecções virais.

Por Nosso Bem Estar

Pixabay
Design sem nome(2)

Plantas Antigripais

As plantas apresentadas a seguir tem propriedades antigripais e expectorantes; são geralmente seguras e tem seu uso apoiado pela observação e larga utilização popular. Importante lembrar que até o momento não existem estudos validando fitoterápicos para tratar o Covid-19.

1. Pulmonária, orelha de lebre

É comestível e a infusão é usada para aliviar tosse e sibilos.

2. Tansagem

A infusão é usada para amenizar dor de garganta e tosse.

3. Poejo, poejo miúdo

É utilizada para sintomas virais e tosse.

4. Manjericão

São utilizadas para tosses, rouquidão e cólicas.

5. Erva santa, garupa

Tem uso popular para sintomas de vi roses como tosse,dor, febre. Alivia sintomas dispépticos e ansiedade.

6. Melissa

Melissa é usada em casos de ansiedade, insônia gripes e resfriados.

7. Malva

Usada para dores de garganta.

8. Bardana

A raiz é comestível e sua decocação é usada para alivia dores. A folha aplicada sobre o corpo é usada para baixar a febre.

9. Guaco

A infusão tem ação expectorante e broncodilatadora.

 10. Erva cidreira

A infusão é usada para aliviar sintomas de ansiedade e palpitações benignas. Também usada para amenizar sintomas gripais.

 11. Hortelã

Usada para alívio dos sintomas gripais e congestivos.

12. Alho

Reputada ação antimicrobiana e expectorante, usada para tratar gripes, resfriados e tosse. Pode melhorar a imunidade, auxiliar o sono e diminuir a ansiedade.

 PRECAUÇÕES:

- Plantas podem provocar efeitos adversos ou causar alergias em pessoas sensíveis. Se acontecer, a pessoa deve suspender o uso e comunicar ao profissional de saúde ou ao CIATox/SC (0800 643 5252)

- Prefira utilizar plantas conhecidas no ambiente familiar ou que já tenha usado anteriormente.

- Plantas podem interagir com medicamentos e mesmo com outras plantas.

- Se coletar a planta in natura, observe se o ambiente é salubre e evite super-exploração.

- Adquira de fornecedores idôneos.

- Use dose e planta adequadas.

- Para infusão, a dose média dos espécimes descritos é de uma colher de sopa para uma xícara, até 3 vezes ao dia, por até 15 dias.

- Em grávidas a cautela é maior, há poucos estudos sobre segurança no uso.

- Em crianças abaixo de 2 anos, diminua a dose para 1/4 da dose padrão descrita anteriormente.

 

Fonte: PICS (Práticas integrativas e complementares) - Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis

 

X