Beleza

02/01/2019 09h30

Cuidados no verão

Fique atento ao câncer de pele

Por Nosso Bem Estar

Pxhere
Fashion 985556 1920 (1)

Para sair de casa durante os dias quentes e evitar riscos para a saúde, é importante se informar sobre o assunto.

O verão é a estação preferida de muitas pessoas, que aproveitam os dias de sol e calor para curtir parques e praias com amigos e família e usar roupas mais abertas e frescas durante os dias de trabalho.

Entretanto, também é preciso redobrar os cuidados com o corpo durante essa época, especialmente com a pele, já que a chegada da estação aumenta o risco de câncer de pele.

Para sair de casa durante os dias quentes e evitar riscos para a saúde, é importante se informar sobre o assunto. Por isso, hoje, vamos falar mais sobre a relação do câncer de pele com o verão e dar dicas para você aproveitar a estação da melhor forma possível.

 

Por que o câncer de pele pode aumentar com o verão?

Uma das principais causas do câncer de pele é a exposição solar que acontece em dias de sol, ou mesmo com o tempo nublado.

Em dias ensolarados, a concentração de raios UVB aumenta, por isso, é recomendado ter um cuidado maior durante o verão, quando eles são ainda mais frequentes e a pele fica mais exposta devido ao clima quente.

O Instituto Nacional do Câncer (Inca) esclarece que o câncer de pele corresponde a 30% de todos os tumores malignos do país. E de acordo com o instituto, a estimativa é que tenha ocorrido mais de 170 mil novos casos em 2017.

Para informar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) criou o Dezembro Laranja, um movimento de combate ao câncer de pele, que acontece desde 2014. O tema da campanha deste ano é “Se exponha, mas não se queime”.

 

Fatores de risco

Alguns grupos estão mais suscetíveis ao aparecimento da doença. Além das pessoas que tiveram uma exposição prolongada ao sol durante toda a vida, os riscos aumentam em perfis como:

  • Idade acima de 40 anos;
  • Pele e cabelos claros ou albinas;
  • Histórico de câncer na família.

 

Quais os cuidados para evitar o câncer de pele?

É possível aproveitar os dias quentes do verão de forma saudável e sem aumentar os riscos para a doença.

Uma das principais recomendações é evitar a exposição ao sol entre às 10h e às 16h, quando a incidência dos raios solares é ainda maior. Se não for possível evitar esse período, é importante utilizar acessórios para minimizar a exposição como guarda-sol, chapéu, óculos ou uma blusa fina.

O uso do filtro solar também é imprescindível, e ele deve ter, no mínimo, FPS de 30. Para quem tem a pele mais clara, é recomendado que o fator de proteção seja ainda maior, de 50 ou mais. Em todos os casos, o filtro solar precisa ser reaplicado a cada 2 ou 3 horas para manter a proteção ao longo de todo o dia.

Algumas pessoas utilizam o protetor solar apenas quando estão na praia ou piscina. No entanto, é fundamental aplicá-lo todos os dias para ir ao trabalho ou em passeios, já que áreas como rosto, braços e pescoço ficam expostas com frequência.

 

Sinais da doença

Como vimos, a incidência do câncer de pele é significativa no país, e para evitar complicações da doença, é essencial fazer o diagnóstico precoce para realizar o tratamento adequado.

O câncer de pele não melanoma, um dos mais comuns, tem boas chances de cura. Já o melanoma, que tem origem nas células produtoras de melanina, é mais grave devido à possibilidade de metástase - entretanto, é menos frequente.

Manchas escuras e que sangram com facilidade, feridas que não cicatrizam, crescimento ou pintas com mais de 6mm e que tenham assimetria, borda irregular e cor variável podem ser indicativos da doença. Sendo assim, se você observar alguma dessas características, procure um especialista para avaliar seu caso.

Esses são os principais cuidados que você deve ter para aproveitar o verão e evitar o câncer de pele! E então, ficou com alguma dúvida? 

 

X